A ministra da Igualdade Racial, Nilma Lino Gomes, recebeu representantes da Universidade Federal de Tocantins (UFT).

Na pauta, o Projeto Dialógico de Acesso e Permanência das Comunidades Indígenas e Quilombolas na Universidade (Padiq) e políticas de igualdade racial desenvolvidas pela instituição de ensino, além da possibilidade de parcerias.

Estiveram presentes o Secretário de Ações Afirmativas da SEPPIR, Ronaldo Barros; o Pró-Reitor de Extensão e Cultura da UFT, professor George França; e a assessora da reitoria, professora Zaíra de Oliveira.

“Para nós é importante uma construção conjunta com as universidades. Porque nos interessa não só acompanhar junto com o MEC a implementação da lei de cotas, mas também, na medida do possível, dar suporte, um apoio político, às universidades que querem fazer práticas para além da lei de cotas. Como a proposta do Padiq, que recebe esse público e o acompanha, que trabalha com o acesso e a permanência”, disse a ministra.

Portal Brasil


VOLVER