Reitores e pró-reitores de 41 instituições federais – universidades e institutos técnicos – entregaram nesta quinta-feira (10) ao ministro Ricardo Berzoini, da Secretaria de Governo, uma carta de manifestação contrária à abertura do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

O documento afirma: “Diante das ameaças que colocam em risco o Estado democrático de direito e as importantes conquistas que marcam a política em nosso País, nós reitores e reitoras das instituições da rede federal de educação, manifestamos veementemente posição contrária a qualquer tentativa de confisco à democracia e à República brasileira”

A nota foi lida para o ministro pelo presidente eleito do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Marcelo Machado.

Ricardo Berzoini informou que entregará o documento à presidenta Dilma, que está em viagem à Argentina, e expressou contentamento pela livre iniciativa dos educadores em promover e assegurar a legitimidade de processos democráticos no País.
O ministro também disse aos reitores acreditar não ser possível que o impeachment, “um instrumento democrático e constitucional, seja usado de forma leviana e irresponsável por aqueles que querem simplesmente tomar conta do Estado brasileiro para usá-lo ao seu bel-prazer”.

Confira abaixo a íntegra de apoio dos reitores à presidenta Dilma.

carta-conif

Planalto

Volver