A cidade de Cuiabá recebeu, entre os dias 25 e 29 de Abril, a FAUBAI 2015 – 27ª edição da Conferência Anual da Associação Brasileira de Educação Internacional (FAUBAI), que reuniu representantes ligados à internacionalização do ensino superior do Brasil e do mundo visando aprofundar a discussão sobre formas de se garantir cooperações mais equilibradas entre países e instituições na área de Educação Superior.
A edição deste ano foi a maior já realizada, reunindo mais de 600 participantes, sendo mais de 350 representantes estrangeiros de 26 países. A FAUBAI 2015 teve o apoio de entidades de projeção mundial envolvidas com a temática da internacionalização da educação superior, como a Latino Australia Education, o British Council do Reino Unido, a Embaixada da França, a Embaixada dos Estados Unidos, o DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico), entre outros, além da CAPES e do Ministério de Educação do Brasil.
A abertura do evento teve a presença do governador do Mato Grosso, Pedro Taques, do Ministro da Educação Superior, Trabalho e Emprego da Nova Zelândia, Steven Joyce, e da reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Lucia Cavali Neder, além do presidente da FAUBAI, Prof. José Celso Freire Júnior.
Ao longo dos cinco dias de evento, os participantes puderam acompanhar mais de 40 sessões paralelas totalizando 114 apresentações de trabalhos, que abordaram questões relacionadas à internacionalização da educação superior. Seis workshops abordaram importantes questões ligadas ao processo de internacionalização das instituições de ensino superior brasileiras, como orientações para escritórios de relações internacionais ainda em formação e estratégias para inserir a dimensão internacional dentro do campus e beneficiar aqueles estudantes que ainda não participam de programas de mobilidade.
O evento também abriu espaço para que os atores deste processo de internacionalização se encontrassem e estabelecessem novas parcerias. Para tanto, a FAUBAI 2015 reservou três dias de sessões de matchmaking¸ em que foram disponibilizadas 80 mesas para que instituições estrangeiras pudessem estar em contato direto com as brasileiras.
A FAUBAI 2015 também acolheu especialistas com reconhecida experiência no âmbito da educação superior mundial para as seis conferências plenárias. Prof. Jamil Salmi, economista marroquino que por 17 anos foi Coordenador do Banco Mundial para a educação superior e principal autor da nova Estratégia de Educação Superior do Banco Mundial, intitulada “Constructing Knowledge Societies: New Challenges for Tertiary Education”. Baseado em sua experiência de ter colaborado no desenvolvimento de políticas educacionais de mais de 60 países, Prof. Salmi apresentou o papel da internacionalização na melhoria da performance das universidades brasileiras.
Na última conferência plenária da FAUBAI 2015, o reitor da Universidade de Toulouse III e presidente do Comitê Francês de Avaliação da Cooperação Universitária e Científica com o Brasil (COFECUB), Bertrand Monthubert apresentou a recém elaborada estratégia francesa para desenvolvimento do ensino superior do país, da qual foi o relator geral.
Temas como o impacto de estudantes brasileiros da educação superior internacional, o uso do inglês como língua de instrução e a “comoditização” da educação superior também foram abordados em conferências plenárias, por representantes das Universidades New South Wales, Birmingham, Oxford e da ETS – Educational Testing Service.
O painel “Global Dialogue” entre representantes de associações de educação internacional de todos os continentes presentes no evento – NAFSA, AMPEI, KAFSA, IEASA, AASCU e CONAHEC – fechou a FAUBAI 2015, reforçando a necessidade de se garantir formas de cooperação mais sustentáveis e equilibradas entre instituições de esnino superior dos hemisférios Norte e Sul.
A próxima edição da conferência anual da FAUBAI acontecerá em Fortaleza, no Ceará, de 16 a 20 de abril de 2016.
Mais informações sobre o evento podem ser encontradas na página da FAUBAI: http://faubai.org.br/