Reunindo coletivos e vozes da universidade, Reitoria pretende criar uma comissão para combater diversas formas de violência na UFRJ. Evento será no dia 31 de maio, no Roxinho

A Reitoria convida a comunidade universitária a participar, no dia 31 de maio, do Fórum da UFRJ Contra Violências no Ambiente Universitário, evento que integra a campanha “Não se Cale”, lançada no início do mês pelo reitor Roberto Leher, para combater opressões nos espaços da universidade.

Com a realização do fórum, a administração central da UFRJ pretende debater o tema junto a todos os segmentos que compõem a comunidade universitária, e construir com pesquisadores, coletivos e entidades dos movimentos sindical e estudantil políticas que coíbam qualquer tipo de violência.

A universidade, como espaço de liberdade e formação, deve difundir valores e práticas que superem a ideia de que conflitos possam ser resolvidos por meio da força ou do autoritarismo. São intoleráveis todas as formas de violência, seja nas relações de trabalho, de ensino, entre os estudantes, no cotidiano da vida acadêmica ou em momentos festivos.

A participação de grupos de pesquisa dedicados a Direitos Humanos e questões que tratam de violência em seus diversos níveis é fundamental.

Um dos objetivos é formular políticas capazes de assegurar que a UFRJ seja um espaço onde o assédio moral e violências de diversos tipos não tenham vez, e que a universidade seja, sobretudo, um lugar onde as pessoas sejam felizes e possam expressar a sua condição humana de forma plena.

A Reitoria irá compor a mesa de abertura do evento e, em seguida, abrirá a fala para as entidades e grupos presentes, para receber informes e propostas para os encontros seguintes. Participe!

Serviço:
Fórum da UFRJ Contra Violências no Ambiente Universitário
Data: 31 de maio, terça-feira
Local: Auditório Roxinho (Centro Cultural Horácio Macedo) – Av. Brigadeiro Trompowski s/nº – Prédio do CCMN, Cidade Universitária
Horário: 9h

UFRJ


Volver